Ao todo, 14 cidades da região participam do levantamento.

Primeira fase deve aplicar 1.063 testes rápidos.

Pessoas serão escolhidas de forma aleatória e convidadas a responder um questionário Unisc/Divulgação Uma parceria entre o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) com a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) deu início a uma pesquisa para acompanhar o avanço do coronavírus na região neste sábado (1º). Assim como em outros estudos já realizados no Rio Grande do Sul, os participantes serão escolhidos de forma aleatória e convidados a responder um questionário e a fazer o teste rápido para Covid-19. A previsão é de que 1.063 pessoas sejam testadas nesta primeira fase, até o domingo (2).

Ao todo, o levantamento vai contar com quatro etapas, sempre aos finais de semana, com um intervalo de 14 dias entre cada uma delas.

"É para ser algo bem aleatório.

Nós fazemos um sorteio eletrônico do bairro e da rua e, quando chegamos lá, começamos pela casa da direita.

É uma forma de evitar a escolha.

Os entrevistadores não sabem onde a pesquisa vai acontecer até amanhã de manhã", explica o médico infectologista e coordenador do estudo, Marcelo Carneiro.

Serão testadas pessoas de 14 cidades, são elas: Boqueirão do Leão Candelária Gramado Xavier Herveiras Mato Leitão Pantano Grande Passo do Sobrado Rio Pardo Santa Cruz do Sul Sinimbu Vale do Sol Vale Verde Venâncio Aires Vera Cruz Os pesquisadores são profissionais de nível técnico ou superior, servidores das secretarias municipais de saúde que foram treinados antes de sair às ruas.

Pesquisa tem um custo de R$ 500 mil e os resultados serão apresentados sempre no fim de cada testagem de forma online.

“Com este trabalho, entre uma etapa e outra, esperamos observar se vem ocorrendo uma progressão ou uma estabilização dos casos de Covid-19 na nossa região”, detalhou Carneiro.

A última fase deve acontecer nos dias 12 e 13 de setembro e a expectativa é que mais de 4,2 mil pessoas façam o teste ao longo de todo levantamento.

Initial plugin text