Nas regiões, 73 municípios serão beneficiados com o repasse.

Confira quais cidades e os valores que devem ser recebidos em parcela única.

Teste sorológico foi a base de estudo nacional de prevalência da Covid-19 na população brasileira Daniela Xu/Ufpel/Divulgação Nas regiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas Gerais, 73 cidades do vão receber recursos do Ministério da Saúde para combaterem a pandemia de coronavírus.

Esses municípios, somados, irão receber R$ 174,6 milhões, em parcela única.

Veja na tabela abaixo quais cidades foram beneficiados e quanto cada um receberá. A portaria que autoriza o repasse foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última quarta-feira (1º), assinada pelo ministro interino, Eduardo Pazuello.

O recurso total destinado aos Estados, Distrito Federal e Municípios é de R$ 13,8 bilhões. No Triângulo Mineiro, Uberlândia receberá o maior valor: R$ 35,6 milhões; seguido de Uberaba, que receberá R$ 20,3 milhões.

No Alto Paranaíba, Patos de Minas terá à disposição R$ 18,2 milhões; enquanto que Paracatu, será a cidade do Noroeste com maior recurso disponível, R$ 5,2 milhões. Recursos para enfrentamento ao coronavírus Repasses Ainda segundo a publicação, a verba deverá ser utilizada, exclusivamente, no enfrentamento à Covid-19, como atenção primária e especializada, a vigilância em saúde, a assistência farmacêutica, a aquisição de suprimentos, insumos e produtos hospitalares. Os recursos foram distribuídos seguindo critérios como dados populacionais, número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) registrados nos Planos de Contingência dos Estados, valores transferidos, em 2019, aos municípios referentes ao Piso de Atenção Básica (PAB) e taxa de incidência de Covid-19 por 100 mil habitantes.